Cada vez mais popular nos grandes centros urbanos, as bicicletas são mais seguras que os transportes coletivos em relação à Covid-19. Descubra as vantagens de circular na Faria Lima de bike!

Se a ciclovia da Faria Lima já era preferência para deslocamentos de muitos cidadãos paulistanos, durante a pandemia do Covid-19 ela se tornou a forma mais segura de circular na região. Isso porque a OMS (Organização Mundial da Saúde) indicou que a bicicleta é um dos melhores meios de transporte para reduzir a exposição das pessoas ao vírus, pois permite o distanciamento social.

Diante das circunstâncias de saúde pública, diversas cidades do mundo estão ampliando suas malhas cicloviárias e incentivando o ciclismo como meio de locomoção. Paris, por exemplo, está construindo mais 650 quilômetros de ciclovias e oferecendo um subsídio de 50 euros aos cidadãos que precisarem fazer pequenos reparos em suas bikes. O incentivo visa diminuir a propagação do vírus, além de tornar a cidade mais sustentável e saudável, física e mentalmente, para as pessoas.

De acordo com o estudo apresentado no 34º Congresso de Pesquisa e Ensino em Transporte da ANPET, as vantagens que a inserção da bicicleta como meio de transporte apresenta para a mobilidade urbana não se limita à pandemia, mas também em uma realidade após o seu controle. “Por não promover aglomerações, ao contrário do que ocorre nos transportes públicos, além de ser um modal de baixo custo e não poluente”, conclui.

Requalificação da Ciclovia da Faria Lima

A boa notícia para nós, é que a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Mobilidade e Transportes da Companhia de Engenharia de Tráfego, também está investindo em obras de melhorias e expansão da malha cicloviária da cidade.

No eixo principal da ciclovia da Faria Lima, as obras de nivelamento, reparo de rachaduras no piso e de sinalização seguem em várias frentes de trabalho, bem como na Avenida Hélio Pellegrino, República do Líbano, Professor Manuel José Chaves, Doutor Gastão Vidigal, Professor Fonseca Rodrigues e Pedroso de Morais. 

Infraestrutura da Ciclovia da Faria Lima

Diariamente, cerca de 6,5 mil ciclistas utilizam a ciclovia da Faria Lima e suas conexões. Trata-se da ciclofaixa mais utilizada de São Paulo. Ela possui atualmente 17,9 quilômetros de extensão, considerando o eixo principal e as conexões. Também há ciclovias e ciclofaixas cobrindo o caminho até a Avenida Luís Carlos Berrini, pela marginal do Rio Pinheiros.

A ciclovia da Faria Lima dá acesso a diversos pontos importantes e turísticos da cidade, como o Largo da Batata, o Museu da Casa Brasileira e o Instituto Tomie Ohtake. Aos domingos, a prefeitura ainda abre uma ciclofaixa extra na avenida para incentivar o espaço urbano como rota de atividades físicas e de lazer.

Não tem ou não quer usar sua própria bike?

Isso não é problema na Faria Lima. É possível alugar uma em pontos estratégicos da região e devolvê-la em outra estação próxima ao destino, por meio de aplicativos e com preços bem acessíveis. Também há empresas que locam veículos elétricos por temporada. Uma semana de bicicleta ou patinete elétrico custa em média R$ 150.

Não quer chegar suado no trabalho?

Nem isso é mais problema. Os prédios mais modernos da cidade já contam com vestiários e bicicletários para atender os usuários de bikes e patinetes. Esse é o caso do prédio onde está situado o Club Coworking Faria Lima, que oferece todo o conforto e segurança para quem adota o costume de se locomover de forma mais saudável e sustentável.

Se o seu destino na Faria Lima não tem essa vantagem, você pode optar por usar o app Sports To Go para contratar um banho expresso depois de pedalar. Isso mesmo, a empresa oferece estrutura de chuveiro, além de toalha, sabonete, shampoo, condicionador e até secador de cabelo.

Por que adotar bike como meio de transporte?

Muito se fala sobre os benefícios das bicicletas normais e elétricas como meio de transporte urbano, mas sempre vale repetir. Veja os principais:

O Plano Cicloviário de São Paulo

Atualmente com 639 km de ciclovias e ciclofaixas, São Paulo já é a capital brasileira com a mais extensa rede dedicada às bicicletas. O Plano Cicloviário da prefeitura contempla a implantação dos 173,5 quilômetros de novas conexões e a requalificação de 310 quilômetros dentre os 503,6 quilômetros das estruturas existentes.

A construção do plano foi feita por meio de audiências públicas e oficinas que contaram com a participação da população em todas as regiões da cidade. As estruturas cicloviárias são projetadas respeitando aspectos como conectividade, linearidade, funcionalidade, segurança, entre outros.

Venha para o Club Coworking Faria Lima

Por conta das medidas de isolamento social impostas pela Covid-19, 2020 foi um ano difícil, que exigiu adaptações nos ambientes de trabalho e levou empresas e profissionais a adotarem o sistema de home office, reduzindo escritórios e eliminando espaços ociosos. A necessidade de locais para reuniões e atendimento a clientes criou uma nova demanda para o segmento de coworking, trazendo uma projeção otimista de expansão para 2021.

Se você procura um local com excelente infraestrutura para estabelecer sua empresa ou equipe na região da Faria Lima, com fácil acesso por qualquer meio de transporte, pode contar com o Club Coworking, projetado para ajudar empresas e empreendedores a alcançarem maiores resultados com o melhor custo-benefício.

Experimente uma diária no Club Coworking grátis! Está no Itaim Bibi? Leia também: Uma experiência além do pãozinho —  cinco padarias incríveis do Itaim Bibi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *