Como chegar à Faria Lima: ciclistas pedalam na ciclovia da avenida próxima à avenida JK | Club Coworking (Foto de Rachel Schein)

De carro, bicicleta ou coletivos, é fácil chegar em qualquer ponto da Faria Lima. A oferta de transporte, público e particular, é ampla. A região fica a poucos minutos do centro expandido de São Paulo e tem saída para todas as regiões da cidade.

Com 4,6 quilômetros de extensão, a Avenida Brigadeiro Faria Lima começa em Pinheiros, atravessa o Jardim Paulistano e termina no Itaim Bibi, poucos quarteirões depois da unidade do Club Coworking da Faria Lima. Em menos de cinquenta anos, a via se tornou um importante centro corporativo e financeiro de São Paulo. 

Inaugurada em 1970, a área simboliza a modernidade e é endereço disputado por empresas dos mais diversos setores.

Ao longo da avenida, os cenários mudam, de acordo com o lifestyle dos bairros por onde passa.

Ela começa com um perfil mais popular, no entorno do Largo da Batata — ponto de conexão para trabalhadores rumo ao centro e aos bairros da cidade — e a cada quarteirão vai crescendo em sofisticação até as imediações da Juscelino Kubitscheck, onde executivos engravatados convivem em harmonia com expoentes da geração Z, tatuados e de tênis.

Na parte estendida, ao lado do Itaim Bibi, prédios inteligentes abrigam multinacionais, empresas de tecnologia e startups. A região, que concentra cerca de 1% do PIB brasileiro, é comparada ao Vale do Silício, nos EUA, onde estão as maiores empresas de e-TICs do mundo. Aliás, é nessa área estratégica que se localiza também uma das unidades do Club Coworking.

Chegar a qualquer ponto da Faria Lima não é um desafio, a menos que você esteja de carro no horário do rush, com disposição para enfrentar tráfego lento e intenso.

Uma alternativa mais saudável — e sustentável — é atravessar as calçadas largas e ciclovias da avenida a pé ou de bicicleta. Além disso, a região é bem abastecida de transporte público (ônibus, trem e metrô) com conexões para todos os cantos da cidade.

Veja todas as opções!

Como chegar de ônibus à Faria Lima

Mais de 80 linhas de ônibus, partindo de todas as regiões de São Paulo e de municípios vizinhos, como Barueri e Osasco, passam pela Faria Lima e imediações, sendo que 48 delas percorrem toda a extensão da avenida.

Com o propósito de estimular a circulação do transporte coletivo em São Paulo, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a São Paulo Transporte (SPTrans) implementaram a Operação Dá Licença Para o Ônibus, cujo objetivo é reduzir os tempos de viagens com maior eficiência, conforto e segurança para os usuários do transporte público.

Na avenida Brigadeiro Faria Lima, a faixa exclusiva à direita dá prioridade para ônibus de segunda à sexta-feira, entre 6 e 20 horas, e aos sábados, das 6 às 14 horas. 

Veja as opções de metrô

Se você quer saber como chegar na Faria Lima de metrô, a estação fica no final da Rua Teodoro Sampaio, ao lado do Largo da Batata. Ela faz parte da Linha 4 Amarela, que vai da estação da Luz ao Morumbi, passando pelo terminal Pinheiros — interligado à linha 9 Esmeralda da CPTM —, que une a Zona Oeste ao extremo sul de São Paulo, e de onde partem ônibus para todas as regiões da Cidade.

Confira o tempo médio para se chegar à Faria Lima a partir de algumas estações finais de Metrô:

  • Jabaquara (Zona Sul) – Linha Azul – 63 min
  • Santana (Zona Norte) – Linha Azul – 44 min
  • Sé (Zona Central) – Linha Azul – 37 min
  • Barra Funda (Zona Oeste) – Linha Vermelha – 51 min
  • Vila Madalena (Zona Oeste) – Linha Verde – 28 min
  • São Paulo Morumbi (Zona Sul) – Linha Amarela – 10 min

Veja também: como chegar de metrô na Avenida Paulista

CPTM também é uma opção

A Linha 9 – Esmeralda é a alternativa para se chegar de trem a diferentes alturas da Faria Lima. Duas estações, Cidade Jardim e Vila Olímpia, servem a região do Itaim Bibi. Já a parada Hebraica-Rebouças tem saída na avenida das Nações Unidas, a poucos quarteirões do cruzamento entre as avenidas Rebouças e Brigadeiro Faria Lima.

Além da conexão com a linha 4 Amarela, a Linha 9 da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) se liga, pela estação Santo Amaro, à linha 5 Lilás do Metrô, cujo itinerário percorre da Chácara Klabin, área nobre da Vila Mariana, ao Capão Redondo, na periferia da Zona Sul.

Para quem costuma andar de bicicleta

Não ter bicicleta não é problema para pedalar na Faria Lima. É possível alugar uma em pontos estratégicos e devolvê-la em outra estação próxima ao destino por meio de aplicativos e com preços acessíveis. Também há empresas que locam veículos elétricos por temporada. Uma semana de bicicleta ou patinete custa em média R$ 150.

A ciclovia da Faria Lima conta com 17,9 quilômetros de extensão, considerando o eixo principal e as conexões. Em 2019, a prefeitura de São Paulo anunciou a revitalização do trajeto, que ganhou recuperação do piso e nova sinalização. Também há ciclovias e ciclofaixas cobrindo o caminho até a Avenida Luís Carlos Berrini, pela marginal do Rio Pinheiros.

Táxi e transporte por aplicativo

Há pontos de táxi em quase todas as transversais da Faria Lima, nos dois sentidos, mas, dependendo do horário, não é fácil encontrar um carro livre na rua. A opção são os aplicativos que oferecem corridas em carros particulares e de praça. Como a oferta é ampla, vale ter mais de um instalado para cotar o valor e o tempo de espera, sobretudo nos períodos de maior fluxo, como início da manhã e final de tarde, quando o preço é randômico (de acordo com a demanda).

Club Coworking perto de tudo

Entre as vantagens de escolher o Club Coworking da Faria Lima como local para trabalhar em São Paulo estão a mobilidade urbana e o fácil acesso.

Localizado  num dos principais centros de negócios do país, o espaço oferece toda infraestrutura necessária para profissionais e executivos, num ambiente dinâmico e inspirador, distante 15 minutos a pé da estação Vila Olímpia da CPTM, ou 10 minutos de bicicleta da estação Faria Lima do Metrô.

O melhor é que você não precisa ir muito longe para comer ou comprar, porque a região é repleta de restaurantes, cafés, padarias e lanchonetes, além de lojas de todo tipo na rua e em shopping centers. Basta uma pequena caminhada para chegar ao Shopping JK Iguatemi (10 min) e Shopping Iguatemi (20 min), dois dos mais bem frequentados da cidade.

Vale a pena uma visita!

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *